Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Dezembro Laranja
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Dezembro Laranja

  • Publicado: Quarta, 13 de Dezembro de 2017, 22h29
  • Última atualização em Quarta, 13 de Dezembro de 2017, 23h29

Em época de férias, curtir as praias de nosso litoral é uma das melhores opções de lazer. Entretanto, é preciso ficar atento aos riscos de se expor ao sol em excesso, principalmente, para quem mora em uma cidade como Guamaré.

Entre os perigos causados pela irradiação solar está o câncer de pele. Por esse motivo, que neste mês de dezembro, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) está promovendo uma ação para alertar a população sobre a doença.

O câncer de pele está entre os quatro tipos de câncer que mais atingem o ser humano, o que reforça ainda mais a necessidade da prevenção.

Diferente de outras patologias, o câncer de pele não apresenta sintomas e, sim, sinais. O aparecimento de lesões em áreas expostas pode ser um indício do surgimento da doença. “O sinal mais importante é o aparecimento de lesão que não havia numa área exposta e passa a crescer, sangrar e a ulcerar”, alertam os especialistas.

Diante da gravidade e dos aspectos tropicais de nossa região, todas as pessoas devem ficar atentas aos fatores da prevenção. É essencial o uso dos protetores solares. Você deve aplicar o produto 40 minutos antes de se expor ao sol.

Em casos de atividades ao ar livre ou em atividades diárias com exposição ao sol, é preciso reaplicá-lo a cada duas horas. Devemos lembrar que os protetores solares devem ser apropriados para a idade. Crianças devem usar protetores infantis e adultos destinados para adultos. A recomendação deve-se a sensibilidade da pele infantil.

Além dos protetores, há outros itens que fortalecem a ação de proteção contra as irradiações solares. Existem filtros que estão embutidos nos fios das roupas. Há chapéus e bonés que também contribuem na prevenção.

As pessoas mais propensas a desenvolver esse tipo de câncer são as de pele, olhos e cabelo mais claros e aqueles que já possuem um histórico familiar positivo à doença. Entretanto, é preciso ressaltar que todas as pessoas, independente da cor, estão suscetíveis a ter câncer de pele. Na maioria das vezes, a doença tende a surgir em pessoas acima dos 45 anos de idade devido ao efeito acumulativo do sol.

registrado em:
Fim do conteúdo da página